Por onde anda o armário cápsula?

Ele está mais vivo como nunca, jamais abandonei meu projeto, só dei uma grande pausa no blog.

O armário está comigo desde o ano passado, eu aprendi diversas coisas com ele, mas tive que deixá – lo um pouco de lado para me organizar. Hoje eu não guardo as peças que eu guardava nas sacolas para não vê – las, acredito que seja um erro imenso fazer isso mas o fato é: estou sem espaço no apê.

Imagem: Unfancy

Deixei as peças no guarda roupa, porém preciso fazer uma nova revisada nele, algumas peças já não me servem mais e outras eu fiquei bastante enjoada de usar e fica lá, criando pó. Eu preciso revisar tudo novamente e saber o que de fato está sendo um peso no meu armário. Algumas peças que comprei quando iniciei o armário já não me servem mais, não me sinto mais a mesma Carol com elas e aos poucos, estou deixando elas de lado. Outra coisa que me fez desanimar um pouco em relação à tudo isso foi que eu engordei durante meu período em casa, estou fazendo o possível para voltar o meu peso anterior, como já disse no post da semana passada, eu já perdi 4 quilos e com esse ritmo, eu vou conseguir resgatar algumas peças que estão pequenas em mim e retomar o meu armário em breve.

Algumas peças eu ganhei das lojas parceiras, não posso recusar esse tipo de coisa, afinal, eu estou trabalhando e divulgando coisas que eu gosto. Mesmo depois de ganhar peças, eu mantenho o meu foco em relação aos gastos, que foi o pontapé inicial para ter um armário cápsula. Existem outros fatores em relação ao armário, como comprar peças de forma consciente e principalmente, ver que não foi fruto de trabalho escravo. Eu tenho que ser sincera, não dei muita atenção em relação à isso, o que mais me importava no momento, era reduzir meus gastos e guardar o máximo de dinheiro possível para investir em outra coisa.

Hoje a minha visão é bem diferente, tenho um certo cuidado com as peças que irei comprar, não gasto meu dinheiro em futilidades e muito menos, quando se trata de alguma coisa que fez mal para o outro. Em relação às peças ganhadas, eu guardo e uso com bastante carinho, porque existem pessoas que veem o meu trabalho, a minha dedicação e elas querem oferecer algo em troca, a vida é assim, mesmo sendo cápsula, eu não posso deixar de usar e ainda sentir aquela sensação de dever cumprido.

A minha meta sempre vai ser o consumo consciente, o que eu realmente aprendi com tudo isso e o que estou levando para a minha vida. Hoje sou controlada, consigo pensar duas vezes antes de gastar à toa e só compro se realmente estiver precisando. Dar valor ao seu dinheiro é uma das coisas mais inteligentes a se fazer, seja consciente e tente esse desafio.

Depois da limpeza, estarei disponibilizando peças na minha lojinha no enjoei.

Imagem destacada: Unfancy

30 Comments

  1. Carol Vieira 25 de janeiro de 2017

    O blog tá lindo, Carol, amei muito!

    Responder
  2. Laura Nolasco 25 de janeiro de 2017

    Adorei o post, Carol!
    A ideia do armário capsula é incrível e consumo consciente é muito importante!
    E é bem interessante conseguir conciliar o armário capsula com peças recebidas e etc…
    Beijos!

    Responder
  3. Samira Oliveira 25 de janeiro de 2017

    Eu também vendi e doei muita coisa ano passado, coisas que também não diziam mais nada sobre mim. Eu nunca fui mesmo de comprar roupa então não tenho muitas, eu na verdade fico com o que ganho da família e muuuito raramente compro algo porque tento consumir menos sabe? E acho essa uma ótima iniciativa!

    Responder
    • Carol Pinheiro 27 de janeiro de 2017

      Já é um bom caminho, consumir menos já ajuda a não acumular coisas. Beijos!!

      Responder
  4. Lady Salieri 25 de janeiro de 2017

    Nossa, Carol, que texto legal! Até posso ler isso metaforicamente, sabe. E amei o título, como ele combinou com o que você escreveu. Achei super legal você focar na questão da compra consciente, estou precisando trabalhar nesse aspecto a minha compulsão por papelaria, acho que o consumo consciente deve ser um alívio pra alma e quero trabalhar isso =).

    Seu texto me inspirou muito! Um beijo

    Lady Salieri
    http://www.visaoperiferica.com

    Responder
  5. Alice 25 de janeiro de 2017

    Primeira vez que esse projeto é apresentado pra mim e simplesmente amei o texto.

    Responder
  6. Maiara 25 de janeiro de 2017

    Parabéns, desapegar é sempre bom, adorei essa sua ideia, vou visitar sua lojinha… Blog lindo, beijoos

    Responder
  7. Jennifer Constantino 25 de janeiro de 2017

    Eu amo a ideia do armário cápsula, e fico feliz que com ele você tenha conseguido mudar os seus hábitos em relação as roupas. Indiretamente eu sigo ele também, já que tenho um número bem reduzido de peças de roupas e sapatos, mas nada a risca ahsuha.

    Adorei o seu post ❤

    Responder
  8. Denise Santos 26 de janeiro de 2017

    Primeira vez que tenho conhecimento desse projeto, gostei bastante da ideia do armário capsula, vou tentar criar um e melhorar meu hábitos. Desapegar é sempre bom. Adorei o blog. Beijos

    Responder
    • Carol Pinheiro 27 de janeiro de 2017

      Que bom, tenta sim querida, você vai ver o quanto é bom! Obrigada!

      Responder
  9. Rafaela ficher 26 de janeiro de 2017

    Eu acho incrível a ideia do projeto cápsula, sempre tive muita vontade de fazer mas ainda é um grande desafio pra mim!
    Quero tentar em 2017 finalmente colocar em prática na minha vida! Espero conseguir <3
    Beijos.

    Responder
  10. Daiane 26 de janeiro de 2017

    Oi, Carol! Tudo bem? Parabéns pelo blog! Tudo muito bem escrito e o visual é maravilhoso. Achei muito interessante esse projeto cápsula e estou pensando seriamente em aderir. Beijos

    Responder
  11. Isabela 26 de janeiro de 2017

    Nossa amei a ideia de desapegar, estou precisando disso tanto desapegar quanto renovar o guarda roupa.
    Amei o seu blog, está lindo demais!

    Beijos,
    http://www.blogbelacombatom.com

    Responder
  12. Lolla Camelo 26 de janeiro de 2017

    Eu acho sensacional a ideia do armário capsula. Cada vez mais vemos meninas aderindo ao consumo consciente e isso é incrível! Eu era uma pessoa que comprava tudo o que eu via na minha frente e ficava sem dinheiro pra fazer coisas que eram realmente importantes. Hoje em dia eu penso nas coisas importantes para depois gastar o dinheiro, estou apostando em peças chaves e básicas, que combinem com tudo. Amei ver o seu relato! É a primeira vez que visito o seu blog e amei <3

    Beijos,

    http://www.rodoviadezenove.com.br

    Responder
    • Carol Pinheiro 27 de janeiro de 2017

      É verdade, hoje também penso como você! Obrigada, volte sempre! <3

      Responder
  13. Regiane 26 de janeiro de 2017

    Sou adepta do consumo consciente há alguns anos e amei seu texto.
    Bj

    Responder
  14. Beatriz Simone Da Silva Stellet 26 de janeiro de 2017

    Ah que bom que conseguiu mudar seus hábitos, eu ainda estou em processo haha Seu blog é muito lindo, viu? Adorei <3
    Beijão guria!

    Responder
  15. Rebeca Cristal 26 de janeiro de 2017

    Post muito bacana e amei seu blog!!! ❤️

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *