Orquídeas

Sempre gostei de orquídeas, só que eu não tinha noção nenhuma de como cuidar e preferia não comprar. Foi então que a mais ou menos uns 6 meses atrás, a minha madrinha de casamento e amiga, me presenteou com uma linda orquídea, branquinha e com detalhes amarelados no centro de cada flor. É tão apaixonante você ter e poder ver resultado de todo seu carinho e cuidado com elas, mesmo não sabendo nada, pude ver as flores caindo e nascendo novamente, cada botão surgindo e desabrochando é incrivelmente lindo e divino!

img_0874

Orquídeas são diferentes de outras plantas. Mesmo que as raízes não tenham crescido para além do vaso, orquídeas mariposas (como são conhecidas as Phalaenopsis, que é a espécie que eu tenho) devem ser transplantadas uma vez por ano. A melhor época para fazer o transplante das orquídeas é imediatamente depois de suas flores terem caído. Não faça o transplante de nenhuma planta enquanto estão florescendo, pois elas quase sempre abortam suas flores. Substituir o vaso e permitir um melhor meio de escoamento fornecem anualmente à sua orquídea uma drenagem adequada e fluxo de ar que ela precisa para crescer e prosperar.

As principais razões para replantar orquídeas

Para substituir o substrato que a orquídea está crescendo. Com o tempo, esse material começa a secar, o que cria um ambiente suscetível à podridão das raízes da planta. Replantar orquídeas é também necessário se a orquídea cresceu além de seu vaso atual ou se o substrato começa a cheirar mal.

5 dicas que aprendi para replantar orquídeas Phalaenopsis

  • Apare o caule (ou espigão). Se estão saudáveis e verdes, corte uma polegada (2,5cm) acima do nó superior. Os chamados nós ocorrem em intervalos regulares ao longo do caule da orquídea e parecem cobertos por uma pequena folha de formato triangular. Se o caule da orquídea morreu e está amarelo ou marrom, corte todo o caule, ou uma polegada acima do nó inferior.
  • Remova sua orquídea do recipiente antigo, removendo qualquer substrato que estiver preso às raízes;
  • Apare quaisquer raízes mortas ou prestes a morrer. Essas raízes estarão marrons e macias, ao contrário das vivas que são firmes e brancas (ou verdes);
  • Coloque a orquídea no novo recipiente. Encaixe-a de modo que a base da folha mais baixa fique aproximadamente meia polegada abaixo da borda ou a mesma profundidade do vaso anterior;
  • Delicadamente, espalhe o novo substrato ao redor das raízes pressionando para baixo com os dedos, muito levemente. Depois aperte cuidadosamente o pote para ajustar o substrato. Continue a preencher com o material até que ele atinja a altura da base da folha mais baixa.

img_0876

Cuidados com a orquídea Phalaenopsis

Prefira vasos de barro aos de plástico, pois eles drenam melhor a água e evitam que a raiz apodreça.

Regue de 7 a 15 dias, ou quando perceber que próximo à raiz esteja seca.

Orquídeas gostam de luminosidade, mas não da luz direta do sol, evite deixá – las em ambientes que possam ter incidência do sol.

Se a base da orquídea estiver a menos de um dedo da boca do vaso, é preciso trocá-la de moradia. Procure deixá-la dois dedos de altura abaixo da boca do vaso.

Nunca coloque terra nos vasos de orquídea, elas não gostam de terra. Orquídeas preferem fibra de coco e musgo, assim suas raízes se envolvem nas fibras. Se você tem um jardim onde possa colocá – las em troncos, elas vão crescer cada dia mais, mas lembre – se que elas queimam com a luz direta do sol, evite.

Hoje a minha orquídea está cheia de vida com esses cuidados básicos. Tente você também!

img_0878

Fontes: Casa e Jardim | Lar Natural

  • Minha mãe adorou o texto. Belo trabalho!

  • K

    ah, mas que coisa linda ♥ eu sou super sem jeito com flores, por enquanto só minha suculenta está sobrevivendo, hahah mas quero comprar alguma flor pra colocar no meu quarto e aprender a cuidar direitinho. suas orquídeas são maravilhosas!

    • Ka, fico tão feliz que tenha gostado. Elas são fáceis de cuidar e fica linda demais. Acompanha o blog, que vou falar de outra flor que comprei e com certeza, você vai amar! Obrigada pelo comentário!

  • Ótimo post e se enganam as pessoas que pensam que o cultivo da orquídea é difícil, apenas precisam de atenção, como todos os outros seres vivos.