Cacto, um amor que dura

Você é daquelas pessoas que vive na correria constante? Deseja ter plantas em casa, mas não tem tempo ou esquece de cuidar? Tenho uma solução, um cacto!

Cactaceae é a família botânica representada pelos cactos, são aproximadamente 84 gêneros e 1400 espécies nativas das Américas. São frequentemente usados como plantas ornamentais, mas alguns também na agricultura. Eles podem viver em um ambiente árido e extremamente quente. Eu tenho um em casa, ganhei ele a uns 7 meses atrás e digo para vocês, se souberem cuidar, ele dura e fica cada vez mais lindo. Pensando nisso, vou listar algumas informações para cuidar de um cacto.

A água

Os cactos têm uma forma de armazenar água em quantidades muito maiores do que outras espécies. A questão aqui é o contrário: se você regá-los com uma maior frequência do que entre sete ou dez dias, eles podem até morrer. Se o clima esta mais úmido, eu rego o meu de 20 em 20 dias, se estiver mais seco, rego a cada 10 dias.

Luminosidade

Tá ai a plantinha que mais adora sol, o cacto. Se sua casa é muito quente e o sol é intenso em algum período do dia, deixe seu cacto exatamente nesse lugar. Não, isso não é nenhuma maldade! Essa espécie adora receber luminosidade direta por horas. Então, não precisa ter dó. A planta ficará cada dia mais bonita e crescerá com muita saúde!

Variações de tamanhos

A variedade de tamanhos da família dos cactos permite que você tenha um na sala de seu apartamento ou em um enorme jardim. Dos míni aos de grande porte, todos conseguem viver em vasos. Quando o espaço acaba, a planta estaciona o crescimento, mas o ideal é substituir os vasos por outros maiores, para que a planta possa crescer.

Podar? Jamais!

Quer mais? Os cactos não precisam ser podados! Quando essa espécie cresce muito, ela não perde sua forma característica. Se você decidir cortá-lo um pouco, ele pode até ficar com um aspecto bem estranho. As versões pequenas da planta não precisam de nenhum tipo de corte.

Se você ficou interessado nessa plantinha, digo que não se arrependerá de comprar, além de ser lindo e se adaptar nas condições de hoje, você terá um pouco de verde no seu lar. (uma fotinha do meu cacto)

19993_910363965721813_7219433356500004292_n

Beijo!

2 Comments

  1. Suculentas – Carol Pinheiro 30 de agosto de 2016

    […] plantas favoritas. Bem parecida com o cacto (que eu amo e tem postagem minha falando sobre ele aqui), ela é bem fácil de cuidar. Como eu não tenho muitas habilidades com plantas, eu decidi ter em […]

    Responder
  2. Terrário – Carol Pinheiro 28 de setembro de 2016

    […] Outro ponto fundamental é a presença de um ambiente claro para as plantas no caso do nosso terrário, a luz direta do sol não é recomendada, pois pode queimar e matar as plantas. Já em terrários de cactos, a rega muda e a luz direta do sol pode penetrar sobre o terrário, porque os cactos gostam da luz direta e isso não vai matá – lo. Saiba mais sobre os cactos aqui. […]

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *