Coke Studio, uma paixão pela boa música

Eu sou um pouco diferente, como todos já viram no primeiro post, tenho uma seleção de músicas únicas na minha vida, gosto do rock, pop e música do oriente, mas porque a música do oriente médio em específico?

Como vocês já leram, eu tenho um amor inexplicável pelo oriente médio, tudo que envolve ele me encanta, sou uma grande fã de tudo que surge e aparece daquele lugar. Eu ouvi pela primeira vez as músicas da coke studio em 2012, me apaixonei pela musicalidade e sonoridade que as pessoas produzem dentro de um estúdio cheio de características únicas de cada cantor(a). As pessoas me acham uma estranha, porém curte quando mostro o tipo de som que ouço deles, minha mãe acha meio esquisito, assim como meu noivo, mas ele consegue gostar de uma ou outra, é uma coisa bem diferente do que estão ouvindo ultimamente e eu acho isso um máximo, ser diferente de todos, não gosto de seguir modinha, gosto de ter um estilo próprio, por isso me tornei tão diferente para alguns e meio chata para outros. Mas voltando ao assunto do Coke Studio, ele tem uma mistura de músicas paquistanesas e músicas indianas. Para quem aprecia uma bela música tocada, deve procurar lá no youtube e ouvir, garanto que vocês não vão se arrepender de ver, pois é um gosto particular, mas que gosto de compartilhar com os outros.

O coke studio do Paquistão, centra-se em uma fusão de diversas influências musicais no Paquistão, incluindo oriental clássica, folclórica, qawwali, bhangra, Sufi e contemporânea do hip hop, do rock e pop music. A mostra oferece uma plataforma para renome, bem como próximo e menos artistas mainstream, de vários gêneros, religiões e idiomas para colaborar musicalmente em sessoões de gravação em estúdio ao vivo. O conceito do show teve semelhanças com o show brasileiro, Estúdio Coca-Cola, que primeiro estreou na MTV Brasil em março de 2007, embora o formato do show é fundamentalmente diferente do formato brasileira original, onde foram realizadas performances em um plataforma estilo concerto, enquanto na versão paquistanesa da série, performances são realizadas em um estúdio fechado. O formato de Coca-Cola Estúdio Paquistão foi criado pela Coca-Cola Company no Paquistão e Rohail Hyatt, fundador das primeiras paquistaneses banda pop Sinais Vitais, juntamente com sua esposa Umber Hyatt. Ambos foram os produtores executivos do show. Depois do sucesso no Paquistão após seu primeiro lançamento, a Coca-Cola estúdio agora se tornou uma franquia internacional. O show paquistanês acumulou um grande fã seguinte na vizinha Índia. O sucesso do show solicitado Coca Cola para lançar a versão indiana Coke Studio Índia, com um formato semelhante, embora não tão popular como o seu homólogo vizinho. A versão indiana foi produzido pela MTV a Índia em parceria com Red Chillies Entertainment. Em abril de 2012, uma versão árabe do show, Coke Estúdio Bel 3arabi foi lançado no Oriente Médio com apresentações de vários artistas da música árabe e internacional, produzido pelo produtor e compositor Michel Elefteriades. Os episódios da Coke studio são gravadas no Studio 146, localizado na Área industrial Korangi, em Karachi

Aqui deixo um som que gosto de ouvir, ele me ajuda  a relaxar.

Beijo :3

Coke Studio – To Kia Hua HD, Bilal Khan.

maxresdefault

  • Flaviane (vulgo NEGA)

    Cada dia que passa vejo porque somos tão amigas. Somos chatas iguais,estranhas iguais! Até nossas poucas diferenças nos tornam iguais! Gostei de te conhecer mais um pouquinho. Ah também escutava a Coke Studio enquanto fazia este comentário. Realmente a musicalidade e sonoridade é incrível.

  • Temos muito em comum, esse estilo de música é o melhor que já vi na vida, vários instrumentos juntos que formam um som maravilhoso de ser ouvido.